Asas de Flor

Poesia em seu coração

Textos



Olorosa esperança

Sobre a poesia dos teus começos, eternamente em modificáveis linhas de fuga, de forma alguma do Uno - silêncio perpétuo.
Tua poesia hoje é um perfume, filha de um coração de flor de cerejeira maturada em vinhos de rosas frescas, um bálsamo com notas altas, sem dúvida, catedralescas.
Ainda que sutilmente consigo sentir nela as etéreas essências de amores abraçáveis e simultaneamente, dos mistérios sublimes que manam dos trigos sagrados e dos perfumados vinhos pousados sobre os altares.
Olorosa fé por tuas mãos vestida de esperança.
No âmago, tua poesia é tudo o que você é e será.
Aos meus olhos uma fonte de alegria.
Na noite, lua brilhante sobre o mar a me aquietar.
Ao soprar a brisa do dia, deliciosa carícia descendo suave pelos caminhos do coração.
Exortação para desejar a Sabedoria.
Matilde Diesel Borille
Enviado por Matilde Diesel Borille em 07/02/2018
Alterado em 07/02/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras