Asas de Flor

Poesia em seu coração

Textos


Verdade em marcha

Ah, nuvens intrépidas!
Relâmpagos fatídicos!
Sonhos loucos!
Ah! ventos soprando toda sua revolta!
Que seus gritos se tornem os meus e,
juntos, possamos romper, quebrar, partir,
a vaidosa qualidade de possuir
que congela-nos para sempre no eu
e separa-nos para sempre do nós.
Oh, esplendido Sole Oriente!
Oh, arcano seranus!
Oh, frutos da semeadura em luz amarelo dourado!
Logo poderão ser colhidos.
Oh, exaltação amorosa!
Verdade em marcha!
Vida universal!
Que felicidade!
Que felicidade!
No funeral
do egocentrismo da humanidade
canções alegres serão cantadas.
 
É uma tecelã veloz
a esplendida força da liberdade de expressão,
e ela faz asas para serem usadas dentro e fora.
E ela mesma as usa.
 


 
Matilde Diesel Borille
Enviado por Matilde Diesel Borille em 20/01/2018
Alterado em 22/01/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras